terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Barragens, betão e emissão de Dióxido de Carbono (CO2) - Sobre a emissão de gases com efeito de estufa (GEE) devido à construção de barragens

Barragens, betão e emissão de Dióxido de Carbono (CO2)
sobre a emissão de gases com efeito de estufa (GEE) devido à construção de barragens

É muito simples. Esquecendo todo o gasto de energia e combustíveis durante a obra, calcule-se o volume de betão utilizado e saiba-se que por cada 2 ton de betão (menos de 1m3) há uma emissão na fábrica de uma tonelada de CO2.

Não é preciso dizer mais nada. Se imaginarmos uma barragem de 100.000 m3, e logo 250.000 ton de betão, são logo aí emitidas para atmosfera, no fabrico, 125.000 ton de Co2.

Ou seja, por cada 3 toneladas de margas escavadas na pedreira, são produzidas 2 toneladas de betão e emitida 1 tonelada de CO2 para a atmosfera.

Não contando com a energia utilizada nos fornos (carvão ou Pet-coke mais recentemente) .

Frederico Brotas de Carvalho - 1 de Fevereiro de 2010

Sem comentários: