quinta-feira, 19 de abril de 2012

China - Barragem das Três Gargantas: Mais cem mil chineses obrigados a mudar de casa

 
 
 

China - Barragem das Três Gargantas
Mais cem mil chineses obrigados a mudar de casa

O ministro chinês da Terra e dos Recursos reconheceu que certas zonas do centro do país, próxima da barragem das Três Gargantas, o maior projeto hidroeléctrico do mundo, são zonas de perigo para os seus habitantes.O alto risco de aluimentos e avalanches de terra obrigará à recolocação de 100 mil pessoas.

De acordo com o Global Times, citado pelo jornal espanhol ABC, nos últimos anos têm aumentado os deslizamentos de terras naquela região e o risco é cada vez maior. Assim, o responsável pela prevenção de acidentes, Liu Yuan, acredita que é urgente evacuar a população.

As autoridades chinesas tinham previsto que os problemas iriam aumentar quando a barragem começasse a funcionar em pleno, em 2009. Este especialista assegura que, desde então, apesar dos acidentes ocorridos, ainda não houve vítimas mortais.

O realojamento destas 100 mil pessoas vem assim juntar ao mais de um milhão de habitantes da bacia do rio Yangtsé, que tiveram de abandonar os seus lares nas últimas décadas devido à construção da barragem. Foi um dos maiores êxodos da história relacionados com uma obra de engenharia.

in Diário de Notícias - 18 de Abril de 2012

sábado, 7 de abril de 2012

EDP - Rio Tâmega: Construção de mais uma barragem avança até fim do ano





EDP - Rio Tâmega
Construção de mais uma barragem avança até fim do ano


EDP diz que propostas para construção da barragem de Fridão, no rio Tâmega, estão já na fase de análise

A construção da barragem de Fridão, no rio Tâmega, deverá avançar até ao final deste ano, revelou esta terça-feira à Lusa fonte da EDP.

Segundo a empresa, as propostas do concurso público para a construção daquela infraestrutura, incluída no Plano Nacional de Barragens com Elevado Potencial Hidroeléctrico, já se encontram em fase de análise.

A mesma fonte revela também que já foi lançado concurso para a aquisição do equipamento.

No conjunto dos dois concursos está previsto um investimento de cerca de 300 milhões de euros, a realizar ao longo de quatro anos, o prazo previsto para a empreitada.

A EDP sublinha que a obra deverá arrancar quando for aprovado o Relatório de Conformidade Ambiental do Projeto de Execução (RECAPE), o qual, ainda em fase de execução, contempla medidas para minimizar o impacte ambiental do empreendimento hidroeléctrico.

O anúncio da EDP ocorreu no dia em que o secretário de Estado da Energia, Henrique Gomes, visitou Celorico de Basto, um dos concelhos cujo território vai ser afectado pela construção da barragem de Fridão.

Em abril de 2010, o Ministério do Ambiente emitiu a declaração de impacto ambiental (DIA) condicionada à cota mais baixa da barragem do Fridão.

A barragem de Fridão afetará território dos concelhos de Amarante, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto e Mondim de Basto.

À Lusa, o secretário de Estado sublinhou a importância daquela barragem, sobretudo porque vai permitir aproveitar melhor os recursos hídricos do país.

Segundo Henrique Gomes, só 45% do potencial hídrico português é aproveitado para produzir energia, valor que deverá subir para 75% quando for concluído o plano nacional de barragens.

O secretário de Estado presidiu hoje à cerimónia de posse dos membros do Conselho Municipal para a Eficiência Energética (CMEE).

O governante elogiou a iniciativa da autarquia local, considerando que o CMEE é «uma referência nacional que deve ser acarinhada».

Este órgão, liderado pela edilidade, reúne representantes de organismos, associações e empresas do concelho ligadas à produção de energia.

O CMEE propõe-se promover medidas concertadas que contribuam para a eficiência energética. As acções vão ser propostas e estudadas naquele órgão, dando origem a um plano de acção, acompanhado por um observatório energético.

Redacção, in Agência Financeira - 6 de Março de 2012

PNBEPH - Tâmega: Construção de Barragem de Fridão Anunciada pela EDP







PNBEPH - Tâmega
Construção de Barragem de Fridão Anunciada pela EDP

A EDP anunciou o avanço do projecto de construção da barragem de Fridão, no rio Tâmega, estando o concurso de construção e fornecimento de equipamento hidroeléctrico para a barragem, em curso. A barragem, que faz parte do Plano Nacional de Barragens com Elevado Potencial Hidroelétrico, vai permitir um melhor aproveitamento dos recursos do Tâmega.
Estima-se que o potencial hídrico do país esteja muito subaproveitado, apenas cerca de 45% a nível nacional. Esta percentagem vai subir para 75% após a completa implementação do plano nacional de barragens.

Fonte: Agência Financeira, Foto: Protamega

Cristina Santos, in engenharia & construção - 14 de Março de 2012

terça-feira, 3 de abril de 2012

Faculdade Ciências Universidade Porto: A Agonia do Tâmega (Educação Ambiental)











Faculdade Ciências Universidade Porto
A Agonia do Tâmega (Educação Ambiental)


(clicar na imagem para abrir o documento)

Cristiana Teixeira e Lígia Fonseca, in Mestrado em Ensino de Biologia e Geologia - Maio de 2010

A. H. de Fridão (Tâmega) - Relatório de Conformidade Ambiental com o Projecto de Execução: Parecer da Comissão de Avaliação

A. H. de Fridão (Tâmega) - Relatório de Conformidade Ambiental com o Projecto de Execução
Parecer da Comissão de Avaliação

(clicar na imagem para abrir o documento)