sexta-feira, 12 de março de 2010

Terras de Basto: Deputado Altino Bessa alerta governo para “prejuízos futuros das populações”



Terras de Basto
Deputado Altino Bessa alerta governo para “prejuízos futuros das populações”

O deputado do CDS/PP Altino Bessa, natural das terras de Basto, alertou o Governo para os prejuízos que a construção da barragem do Fridão, sem os devidos estudos, poderá trazer para as populações locais e para o desenvolvimento dos concelhos ribeirinhos.

A acusação prende-se com o facto de o executivo de José Sócrates ter recebido uma verba de 90 milhões de euros para a construção de Barragens, numa altura em que os " Estudos de Impacto Ambiental" ainda estavam em apreciação pública. Pois só após a conclusão favorável de todo este processo é que serão assinados os contratos de concessão que permitirão a construção e a exploração dos aproveitamentos hidroeléctricos. Deu como exemplo a construção da Barragem de Fridão no rio Tâmega, acusando o executivo de já ter recebido cerca de noventa milhões de euros, quando o " Estudo de Impacto Ambiental" ainda está em discussão até ao próximo dia 15 de Fevereiro.

Foi também apontada a "conveniente" ausência no plenário do actual líder da Bancada Parlamentar do Partido Socialista, Deputado Francisco Assis, e antigo Presidente da Câmara Municipal de Amarante, que enquanto autarca, chegou a colocar a hipótese de fazer um referendo municipal sobre a matéria. É pois de estranhar que quando este tema é debatido em plenário da Assembleia da República, este não esteja presente para defender os interesses dos amarantinos, referiu aquele parlamentar.

in O Basto, n.º 62, Ano VI (p. 3) - 20 de Fevereiro de 2010

Sem comentários: