quarta-feira, 31 de março de 2010

PNBEPH - Programa Nacional de Barragens: E depois das barragens feitas, quantos empregos terão elas criado?

PNBEPH - Programa Nacional de Barragens
E depois das barragens feitas, quantos empregos terão elas criado?


O plano de construção das novas barragens, que como já sobejamente demonstrei vão produzir energia nenhuma, tem sido invocado como um dos grandes projectos do Governo para a criação de "dezenas de milhar de empregos".
Também já expliquei que esses empregos são de construção civil, mal pagos e em alojamento em regiões deslocadas, e que duram só parte dos 4 anos de construção típicos de uma barragem.
Porém, a questão que quero colocar é a seguinte: depois de todas as barragens construídas, quantos empregos ao certo ficarão depois, em permanência? Será possível saber com rigor?
É. Esse número foi dito numa entrevista ao Expresso de um Administrador da EDP, publicada num suplemento especial dedicado a estas barragens, em Maio de 2009. O número é... 84 empregos!
Por outro lado, sabendo-se que só a amortização destas barragens vai requerer um aumento de uns 6% do preço da electricidade, fica a questão de quantos empregos serão destruídos pelo efeito desse encarecimento na economia e na retracção do poder de compra das famílias...

José Luís Pinto de Sá (Professor do Instituto Superior Técnico - Área Científica de Energia), in A ciência não é neutra - 16 de Março de 2010

Sem comentários: