sábado, 20 de março de 2010

Vidago - Os impactes ambientais da cascata na bacia do Tâmega: Sessão de esclarecimento foi muito concorrida





VIDAGO - OS IMPACTES AMBIENTAIS DA CASCATA NA BACIA DO TÂMEGA
SESSÃO DE ESCLARECIMENTO FOI MUITO CONCORRIDA


O salão polivalente dos B.V. de Vidago encheu por inteiro para ouvir as palestras dos diversos oradores que esclareceram a população acerca dos efeitos produzidos pelas diversas barragens projectadas.

De acordo com o especialista em geomorfologia Emanuel Queirós, o facto de o rio correr numa zona de “falha sismotectónica” não tem sido considerado nas discussões públicas sobre a barragem de Fridão. Defendendo ainda que foi dito que o Tâmega era um "ecossistema a recuperar e preservar", e isso não acontece com a construção da barragem de Fridão e com as outras quatro barragens previstas para o rio.
António Crespi da UTAD, acrescenta ainda que “o problema mais grave é que nós não fazemos a mínima ideia do que vai acontecer com as barragens, podemos é avançar em forma de previsão que a presença das barragens poderá ser muito negativa, devido principalmente ao sistema em cascata, completamente imprevisível”.
De salientar que esta sessão de esclarecimento contou com a presença de diversos presidentes de junta da região que se mostraram «muito preocupados» com a situação, para além dos numerosos populares que marcaram a sua presença no esclarecimento.


D.C., in @marante.jornal - 11 de Março de 2010

Sem comentários: