domingo, 31 de janeiro de 2010

PNBEPH - Barragem de Fridão: Debates em Amarante

PNBEPH - Barragem de Fridão: Debates em Amarante
Onde estão os Amarantinos?

Esta questão das barragens, que me tem ocupado o blogue, é de extrema importância para as gentes de Amarante, não apenas para as gentes que habitam nas freguesias ribeirinhas, mas para todos os que habitam no concelho, apenas porque, da decisão tomada, resultarão alterações, do meu ponto de vista graves, que afectarão o meu rio, a qualidade das suas águas, as margens envolventes, a fauna e a flora, a relação que os próprios Amarantinos têm com o Tâmega.
Estamos no período crucial de discussão de um projecto que trará impactes ambientais altamente negativos para este concelho e, enquanto isto, pergunto eu... onde estão os Amarantinos que mal se vêem nestes debates?
Alheados? No conforto dos seus lares? À espera que outros se chateiem por eles? Anestesiados? A dormir? Em estado catatónico? Pedrados? Às compras numa qualquer grande superfície? Reformados de tudo, até da própria vida? Comprometidos com outros interesses? Deprimidos? Esmagados pelo peso de um dia-a-dia difícil? Ocupados em assegurar a sobrevivência e quero lá eu saber das barragens!? A dormir a sesta? De braços estendidos ao longo do corpo e a pensar que já não vale a pena a chatice porque está tudo cozinhado? Serão sabedores do que para aqui está previsto?
É que na assistência estão sempre os mesmos e são sempre a mesma dúzia... e em Amarante somos bem mais os habitantes. Ou não somos?
Porca Miséria em que eu vejo mergulhada a minha cidade, o meu país!
Mas que desencanto... chegar a uma sala onde se discutem assuntos que a nós amarantinos dizem respeito e quase não ver amarantinos!

Anabela Magalhães, in Anabela Magalhães - 30 de Janeiro de 2010

Sem comentários: