terça-feira, 8 de junho de 2010

Região Tâmega: A Associação cívica Pró-Tâmega




Região Tâmega
A Associação cívica Pró-Tâmega

No dia sete de Maio do corrente ano foi criada uma Associação que congrega os vários movimentos que contestam o que reserva o Programa Nacional de Barragens para a bacia do Tâmega: ˝Associação cívica Pró-Tâmega˝.

A "Associação cívica Pró-Tâmega" subscrita por treze cidadãos, provenientes dos movimentos "Por Amarante Sem Barragens" e "Movimento Cidadania para o Desenvolvimento no Tâmega", pretende reunir todos os cidadãos, mesmo não naturais ou não residentes da bacia do Tâmega, que comungam os objectivos estatuários da recém-criada associação.

Pode-se ler num dos sítios "online" do Movimento Cidadania para o Desenvolvimento no Tâmega (http://artigosediscussao.blogspot.com/) os objectivos estatuários subscritos pautam-se por o "incremento da qualidade de vida das populações e o seu envolvimento no processo de tomada das decisões que as afectem, no respeito pela sua identidade, pelos seus valores culturais, pelo ambiente e pelo património histórico e edificado, a denúncia das assimetrias e do esquecimento a que tem estado votada toda esta vasta unidade geográfica, e uma oposição activa e frontal a qualquer forma de alienação abusiva, extensiva ou gratuita, do seu rio, de que fará fulcro de um estreito acompanhamento em que apostará toda a sua capacidade de intervenção formal ou no plano da cidadania." É este pequeno conjunto de objectivos que esta associação pretende promover.

A criação desta associação incentiva a conjugação de diversos grupos e movimentos que agora terão uma plataforma comum de concertação. Através da personalidade jurídica inerente à "Associação cívica Pró-Tâmega", estes grupos e movimentos poderão ter uma posição mais consistente para a sua actuação nos meios contenciosos em que poderão estar envolvidos na "luta" por um desenvolvimento sustentável e a melhoria da qualidade de vida da população da bacia e vale do Tâmega.


in O Basto - 10 de Maio de 2010

Sem comentários: