domingo, 5 de setembro de 2010

AMARANTE - Tâmega: Movimento de cidadãos alerta para descargas de efluentes no Tâmega





AMARANTE - Tâmega
Movimento de cidadãos alerta para descargas de efluentes no Tâmega
.

“São situações deploráveis. Alguns estão a prejudicar os recursos naturais que são de todos, perante a displicência das autoridades locais e regionais”, disse à Lusa Emanuel Queirós

O Movimento Cidadania para o Desenvolvimento no Tâmega alertou hoje, em comunicado, para “descargas ilegais” de efluentes, alegadamente ocorridas nos últimos dias neste curso de água, a montante de Amarante.


“São situações deploráveis. Alguns estão a prejudicar os recursos naturais que são de todos, perante a displicência das autoridades locais e regionais”, disse à Lusa Emanuel Queirós, daquele movimento de cidadãos.
Emanuel Queirós diz que na quinta feira eram visíveis, na água, manchas e espuma na zona do Borralheiro, a cerca de quatro quilómetros de Amarante, atribuindo a situação a descargas ilegais de efluentes de explorações agropecuárias, que não identificou. “Esta é uma situação do terceiro mundo”, lamentou, considerando que o rio está votado "ao total desprezo das autoridades".
O activista garante que esta situação não é nova e lembra que recentemente terão sido realizadas descargas de efluentes no curso do rio que atravessa a cidade, com origem na rede de saneamento. Essas descargas, acrescentou à Lusa, “foram visíveis junto ao açude da Feitoria e poderão ter sido provocadas por problemas num colector de esgotos da Ribeira do Fontão”. “A cada passo o açude apanha um banho de porcaria. O colector a cada passo está entupido e debita tudo para o rio. São situações deploráveis que não deviam acontecer e que merecem das autoridades acção para a resolução de problemas que só nos reportam um estado de terceiro mundismo, que não podemos aceitar”, afirmou.
A Lusa contactou a GNR e a Câmara de Amarante, mas ambas as entidades alegaram desconhecer a situação. O comandante da força policial, capitão Babo Nogueira, e o vereador do Ambiente, Carlos Pereira, disseram à Lusa que vão averiguar a situação.

Armindo Mendes (Lusa), in Tâmega online, Público - 3 de Setembro de 2010 - e in Tâmega Jornal, N.º 62, Ano 3 (p. 2) - 10 de Setembro de 2010

1 comentário:

Anónimo disse...

opa esse é o nosso projecto seus canalhas