segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Rio Tâmega - Amarante: Denúncia Ambiental

Rio Tâmega - Amarante
Denúncia Ambiental




O Tâmega em S. Gonçalo, em 9 de Outubro de 2011
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães



Não sei se as cianobactérias, também conhecidas por algas azuis mas que são verdes, ganharam capacidades saltadoras e saltaram a açude da florestal, que durante todos estes anos, em que denunciámos o desastre ambiental no Tâmega, funcionou como barreira... não sei se a EDP, a tal da energia "positiva" e "verde" subiu em demasia o caudal da albufeira e contaminou as águas em S. Gonçalo, não sei se nada disto aconteceu e apenas era uma questão de tempo e condições favoráveis para que, juntas, desse no que deu, este ano em estreia absoluta para quem visita Amarante.
É a nova atracção turística amarantina e o município pode agora, finalmente, juntar aos seus folhetos turísticos um texto a aliciar a turistada a deslocação à cidade para apreciação, in loco, de tão fabuloso fenómeno. O Tâmega parece agora um prado verdejante e só lhe faltam as vacas a sorrir perante tamanha iguaria. As vacas e os burros, acrescento eu, os burros também deverão apreciar esta pradaria que, a continuar este calor, se transformará em breve num manto pastoso, verde quase fluorescente.
Obrigada, EDP!
Obrigada políticos deste país!
Bem hajam por pensarem em atracções turísticas como ninguém!

Anabela Magalhães, in Anabela Magalhães - 9 de Outubro de 2011

Sem comentários: