segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Barragens - Alto Tâmega: Quercus apresenta queixa à União Europeia contra Estado português






Barragens - Alto Tâmega
Quercus apresenta queixa à União Europeia contra Estado português


A Quercus anunciou hoje (3 de Outubro) que apresentou uma queixa formal à União Europeia (UE), acusando o Estado português de "violação flagrante" de várias diretivas europeias no projeto da "cascata" do Alto Tâmega, que prevê a construção de três barragens.

Esta queixa vem reforçar uma providência cautelar apresentada nos tribunais portugueses sobre o empreendimento concessionado à Iberdrola e que inclui a construção das barragens do Alto Tâmega, em Vidago, e Daivões (ambas no rio Tâmega) e Gouvães (afluente).

João Branco, dirigente da Quercus, disse hoje à Agência Lusa que a queixa à UE foi enviada no final de setembro, acusando o Estado português de "incumprimento da legislação comunitária", nomeadamente a Diretiva Quadro da Água e a Diretiva Habitats.


Lusa, in Sapo Notícias - 3 de Outubro de 2011

Sem comentários: