sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Markting - Publicidade enganosa: EDP suspende página do Facebook para reavaliar estratégia nas redes sociais




Markting - Publicidade enganosa
EDP suspende página do Facebook para reavaliar estratégia nas redes sociais


A página da EDP no Facebook já não está disponível. “Na última semana, a página deixou de cumprir os requisitos para a qual foi lançada pelo que decidimos a sua suspensão temporária para reavaliamos a nossa estratégia nas redes sociais, nomeadamente com a introdução de novas ferramentas”, justificou ao M&P fonte da empresa.

Recorde-se que o mural da EDP no Facebook começou a ser inundado com mensagens negativas, depois de uma utilizadora ter visto a sua mensagem ser apagada. Em causa estava a mensagem “Eu não pedi um Plano Nacional de Barragens” com o link para o grupo no Facebook que pretende combater os projectos de expansão das barragens. Dois dias depois de estalar a polémica e após várias notícias na imprensa sobre o assunto, a empresa decidiu deixar de permitir que os utilizadores da sua página no Facebook escrevessem mensagens no mural.

A EDP contava com cerca de 23 mil seguidores em www.facebook.com/grupo.edp. “A abertura da página da EDP no Facebook teve como objectivo, desde o primeiro momento, criar um espaço de diálogo construtivo e informativo junto da nossa comunidade, permitindo uma proximidade entre a comunidade e a EDP cada vez maior”, considera a fonte oficial da marca, que assegura que a marca pretende continuar a manter o “diálogo” com a comunidade, por isso, “manteremos activo o email redes.sociais@edp.pt para que nos possa encaminhar as suas sugestões criticas e opiniões”.

Rui Oliveira Marques, in Meios&Publicidade - 28 de Outubro de 2011

Sem comentários: