terça-feira, 5 de janeiro de 2010

PNBEPH - A EDP e a Barragem de Fridão no "Ecos de Basto"

PNBEPH - A EDP e a Barragem de Fridão
Reflexos de uma entrevista no cabeceirense "Ecos de Basto"


No jornal Ecos de Basto, uma entrevista com o administrador da EDP.
Continuamos assim, com a campanha de charme!
Obrigado ao Mal Maior, por divulgar esta entrevista!

Rui Miguel Borges, in Casa do Eiró - 30 de Dezembro de 2009


2 comentários:

Anónimo disse...

Com 10% do investimento previsto para a barragem, despoluía-se o rio e criavam-se infra-estruturas fluviais de recreio e lazer que promoveriam a qualidade de vida e a criação de muitos postos de trabalho ainda que sazonais.
A natureza é o que nos resta.
Mas, isto é o país que temos.
30 Dezembro, 2009 15:37


Vítor Pimenta disse...

Pois, caro anónimo. Somos apenas indígenas numa terra que deixou de ser nossa.
A EDP que devia negociar com cada um de nós que aqui vive, fá-lo com os burocratas de Lisboa. Nós também somos aquilo que merecemos ser.
02 Janeiro, 2010 15:19

Sem comentários: