terça-feira, 2 de junho de 2009

Tudo isto para dizer não à barragem de Fridão

Tudo isto para dizer não à barragem de Fridão


Lutar vale a pena…

Decorria o ano de 2003, quando na tentativa de devolver o respeito e credibilidade a uma instituição local.
Fui chacota de falsos ditos e contraditos.
Depois daquela luta vencida, a credibilidade e o respeito restabelecidos,
Descobri em mim energia e força para novas lutas, e até experiência para enfrentar outras batalhas, descobri também que o caminho trilhado em lutas e batalhas já mais será esquecido, que nem sempre a verdade sobe, que a justiça é cega, mas vê o que mais lhe agrada, que os recrutas correctos nunca chegam a generais, que os piratas nem sempre usam uma pala preta a tapar um olho, descobrimos que afinal os homens não são o que aparentam, que os zig… zag… de uns, são autênticas linhas rectas para outros, enfim descobrimos verdades e mentiras enterradas na mais superficial camada argilosa que até o vento a destapa, mas que pela camada de verniz superficial que a embeleza passa despercebida aos olhos do mais atento dos imortais…
Disse uma vez Napoleão:
Não acordem a China…
Dizia uma sabia aldeã:
-Quanto mais nos baixamos mais nos vem o traseiro
Como disse António Ribeiro:
- Estou arrependido de não ter chegado mais cedo.
Um progressista que morreu 7 meses depois de entrar em greve de fome no Brasil.

E porque não? Pegar em frases, tão históricas quanto reais bem portuguesas bem populares.

Eles falam, falam…
Quem tem…tem medo…
Os cães ladrão e a caravana passa…
Cão que ladra não morde…
Tretas tuas, trinta e duas…
Enfim, enfim tanto e tanto que podia ser dito.
Mas …
Tudo isto para dizer não à barragem de Fridão, já nos levaram tanta coisa que um dia destes comem-nos o caldo na cabeça e nos à semelhança de outras ocasiões, baseados do princípio da educação damos-lhes umas palmadinhas nas costas e agradecemos-lhes. Com um bem-haja e muito, muito obrigado.
Merda, está na hora de nos juntarmos e não acreditarmos mais nas pessoas que nos representam e dizer chega… ou vamos esperar como fizemos ate aqui?
E depois ouvimos o Senhor lá do alto da sua poltrona a dizer a culpa é nossa porque não usamos, os serviços…
Contra tudo e todos vamos mostrar a essa cambada que também mandamos e todos juntos vamos impedir a construção da barragem em Fridão.

Lutar vale a pena!

Rodrigo Oliveira, in Corrente Natural - 14 de Novembro de 2008

Sem comentários: