quinta-feira, 3 de março de 2011

Psicologia do negócio: EDP diz não ter urgência de ir ao mercado para se refinanciar





Psicologia do negócio
EDP diz não ter urgência de ir ao mercado para se refinanciar
.
Administrador da EDP sublinha a liquidez de 5,8 mil milhões de euros, suficiente para cobrir as necessidades financeiras do grupo dos próximos dois anos.
O administrador financeiro da EDP, Nuno Alves, afirmou hoje que o grupo não tem urgência de ir ao mercado para refinanciar dívida que será reembolsada este ano aos investidores, e que soma 1,3 mil milhões de euros.

Nuno Alves destacou a “tranquilidade da empresa em termos de liquidez”, sendo que a EDP reportou hoje a disponibilidade de 5,8 mil milhões de euros, entre dinheiro em caixa, linhas de crédito disponíveis e fundos adicionais.

“Não temos urgência de ir ao mercado. Quando as condições estiverem boas lá voltaremos”, comentou o CFO da EDP na apresentação à imprensa das contas de 2010.

Este mês vence uma emissão obrigacionista de 0,7 mil milhões de euros. Outro empréstimo obrigacionista de 0,5 mil milhões será reembolsado em Junho, havendo ainda cerca de 100 milhões de euros de outros empréstimos que vencem este ano.

Miguel Prado (miguelprado@negocios.pt), in Negócios online - 3 de Março de 2011