quinta-feira, 3 de março de 2011

Energia: Lucros da EDP sobem 5,4 por cento para os 1079 milhões de euros






Energia
Lucros da EDP sobem 5,4 por cento para os 1079 milhões de euros



O presidente da EDP, António Mexia, destacou que a empresa teve os "melhores resultados de sempre" em 2010, devido a factores como a área das renováveis e a operação no Brasil.

O presidente da EDP, que está a apresentar as contas do ano passado, sublinhou, citado pela Lusa, que mais de metade dos resultados provêem do estrangeiro.

Os resultados antes de juros, impostos, depreciação e amortizações (EBITDA), atingiram os 3613 milhões de euros, mais 7,4 por cento do que em 2009.

Segundo as contas do grupo, a subida deste indicador foi suportado por uma maior actividade da produção eólica, pelo Brasil (através de uma apreciação do real face ao euro, e da retoma da produção de electricidade neste país), e pelo mercado regulado do gás.

"Em 2010, 88 por cento do EBITDA teve origem em actividades reguladas e contratadas a longo prazo, reflectindo o nosso perfil de baixo risco na actividade operacional", lê-se na demonstração de resultados divulgada pela EDP. No que respeita à margem bruta, esta subiu 5,9 por cento para os 5404 milhões de euros, tendo os custos operacionais crescido 2,8 por cento para os 1792 milhões de euros.


in Público (Economia) - 3 de Março de 2011

Sem comentários: