sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Bolsa - EDP: Estado vende resto da EDP com buraco de 660 milhões e sem dizer a quem


 Bolsa - EDP
Estado vende resto da EDP com buraco de 660 milhões e sem dizer a quem



O Estado vendeu o que lhe restava na EDP. Foram vendidos os 4,14% do capital que a Parpublica ainda detinha na eléctrica portuguesa. O negócio rendeu ao Estado Português 356 milhões de euros. A operação marca a saida definitiva do Estado do capital da EDP. Nem a gestora de participações do Estado nem as Finanças quiseram revelar quem comprou. Sabe-se apenas que foram mais de 90 investidores a ficarem com as acções. Em comunicado a Parpublica diz que as mesmas foram vendidas a 2,35 euros cada. Mas o negócio não chegou para tapar o reembolso do empréstimo obrigacionista de 1000 milhões de euros realizado há 5 anos pela Parpublica e que teve como garantia estas mesmas acções da EDP.

O reembolso aconteceu no final do ano passado tendo a Parpublica pago três vezes mais do que agora recebeu pela venda dos títulos. Para trás fica um buraco na ordem dos 660 milhões de euros. Não há nomes dos compradores mas sabe-se quem esteve para ser: a China Three Gorges chegou a manifestar interesse em comprar esta fatia de capital público. Mas na deslocação a Lisboa, no final do ano passado, houve desacordo no preço com a oferta dos chineses a ser considerada demasiado baixa pelo vendedor.

Leonor Elias, in RTP | RTP notícias - 14 de Fevereiro de 2013

Sem comentários: